Acadêmicos de História fazem exposição de jogos para aprendizagem

No dia 18 de abril, os estudantes do Curso de Licenciatura em História irão apresentar jogos feitos com materiais reciclados, das 19 às 21h, aberto aos demais cursos que tiverem o interesse de conhecer o projeto sobre jogos para ensino da História.

Jogos para o Ensino de História é uma CPP proposta para desenvolver uma atividade prática, criativa e que pudesse trazer resultados para os acadêmicos em termos de produção científica e construção de um produto: um jogo para apoiar a aprendizagem de conteúdos de história.

Foi iniciado com o projeto de um jogo, no primeiro bimestre low technology, elaborado em sua maioria com materiais reciclados disponíveis dos espaços das escolas públicas. A ideia é que os futuros professores de História possam entender que, a partir de recursos muito simples, podem ser gerados produtos com resultados efetivos em sala de aula.

No segundo bimestre, maio e junho de 2017, os alunos irão programar os jogos projetados em low technology em uma plataforma específica para a elaboração de jogos digitais. Esse trabalho está sendo realizado em parceria com Prof. Blasius Debald, por meio de debates em torno de como tecnologias de aprendizagem podem potencializar a prática docente, ou seja, no módulo de formação docente do curso, as estratégias diferenciadas de ensino são discutidas e os resultados dessas reflexões contribuem na produção dos jogos, a serem utilizados no ensino fundamental e também no ensino médio.

Outra atividade em paralelo ao projeto, é que uma vez por semana os acadêmicos têm a oportunidade de esclarecer dúvidas e ter o apoio de um especialista, Prof. Pedro Louvain, explicando como aplicar o conteúdo a ser trabalhado em sala na elaboração do jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>