Primeira competição e primeira premiação do Grupo Active Engineer’s

Estudantes de Engenharia Mecânica da Uniamérica formaram a Active Engineer’s, é um grupo que desenvolve projetos de extensão, orientados pelo professor Phd Oswaldo Loureda, com intuito de participar de competições nacionais e internacionais.

  Imagem1

O primeiro projeto idealizado pelo grupo já trouxe a 1ª conquista de sucesso: 2º lugar na categoria voo 1.000m e 3º lugar na categoria Melhor Fotografia, conquistados no IV Festival Brasileiro de Minifoguetes, que aconteceu no Centro Politécnico da UFPR, em Curitiba. Um festival promovido pela Organizado pela Associação Brasileira de Minifoguetes, com o apoio da UFPR, que avaliou itens como a aerodinâmica, a propulsão e a trajetória dos foguetes. 

Os estudantes tiveram apenas 2 meses para planejar e realizar vários testes até obter o modelo final. Eles desenvolveram um foguete de baixo custo, com tecnologias confiáveis e seguras, que garantiu atingir o apogeu de 333m, carregando massa total de 3,3kg, distribuída nos 169cm de altura. Os minifoguetes apresentados durante a competição são similares aos foguetes reais, utilizando computador de bordo para coleta precisa de dados, possuindo sistemas miniaturizados e simplificados de propulsão, controle e recuperação, não muito diferentes dos usados em missões espaciais para pesquisa.

Segundo o orientador do projeto essa competição “contribuiu para que a equipe adquirisse e compartilhasse conhecimentos, buscando ideias para a solucionar desafios tecnológicos, aplicados em projetos práticos, voltados para pesquisas termodinâmicas”. Essa experiência contribui para metodologia ativa da Uniamérica, que colabora para que os estudantes apliquem seus conhecimentos em projetos de empreendedorismo e startup, direcionados para ciência, tecnologia e inovação.

A equipe Active Engineer’s tem futuros projetos como desenvolver um ar condicionado ecológico – com um diferencial no sistema de extração de calor por meio de tubulações de PVC, aproveitando a própria capacidade térmica da terra, para absorver calor. Essas atividades ajudam no desenvolvimento desses futuros engenheiros, bem como no desenvolvimento industrial da região, com novas ideias que poderão ser aplicadas comercialmente.

Parceiros do Active Engineer’s:

WhatsApp Image 2017-05-03 at 12.43.55WhatsApp Image 2017-05-03 at 12.43.56WhatsApp Image 2017-05-03 at 12.44.00WhatsApp Image 2017-05-03 at 12.43.59WhatsApp Image 2017-05-03 at 12.44.02WhatsApp Image 2017-05-03 at 12.44.03WhatsApp Image 2017-05-03 at 12.42.15WhatsApp Image 2017-05-03 at 12.45.44

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>