POLIS: uma trajetória de sucesso

O Projeto de Extensão Grupo de Estudos em Políticas Educacionais – POLIS – foi elaborado pelo professor do curso de Pedagogia, Armando Daros Jr., devido à amplitude e complexidade do campo de estudos e pesquisas das políticas educacionais. Inserido nesse amplo espectro, temáticas como organismos internacionais e educação brasileira e fundamentos da pedagogia somaram-se à análise das relações mais amplas entre o mundo do trabalho e a educação, as quais são expressas pelas políticas educacionais. Os encontros acontecem aos sábados, das 13h30 às 16h, na Faculdade Uniamérica.

Seus principais objetivos são: formar quadros de pesquisadores no campo das políticas educacionais;  definir o campo epistemológico das políticas educacionais; analisar a relação entre as políticas públicas e políticas educacionais e Investigar a atuação dos organismos internacionais na educação brasileira e mundial.

Em dezembro, o POLIS despede-se como um dos projetos extensionistas mais notáveis da Uniamérica. Segundo o Profº Daros, nesses dois anos e meio de atividades, os integrantes do grupo tiveram uma intensa atuação. “Participando de eventos locais, nacionais e internacionais, com a apresentação de resultados, organização e coordenação, bem como palestras nos cursos de graduação”, comenta ele.

Prova desse sucesso, a revista Plêiade publicou o artigo coletivo intitulado Inovação e Educação ao Redor do Mundo: Uma Análise Colaborativa do Grupo de Estudos Polis, em 2016.

O POLIS foi um dos grupos mais numerosos da instituição, composto por cerca de vinte acadêmicos, formado por egressos das primeiras turmas de Pedagogia e de acadêmicos recém-ingressados na instituição, contando com acadêmicos laureados e estudantes especiais de mestrado.