Projetos da Incubadora Santos Dumont são avaliados para próxima etapa

Projetos da Incubadora Santos Dumont são avaliados para próxima etapa

Na noite de ontem, no Centro Universitário UniAmérica, a Incubadora Santos Dumont do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em uma solenidade especial, avaliou os projetos pré-selecionados para a fase de incubação.

A Incubadora possui uma filial no campus da UniAmérica e, em agosto deste ano iniciou a fase de pré-incubação por meio de edital específico para o campus; nessa etapa, foram mais de trinta projetos selecionados.

O Demo Day, apresentação dos Pitchs para uma banca de jurados, ocorreu nesta segunda-feira, dia 5, com nove projetos participantes. Três foram aprovados para etapa de incubação e mais dois selecionados para cadastro reserva.

“Por meio das metodologias ativas que aplicamos, neste caso mais especificamente a aprendizagem baseada em projetos, percebemos que muitos dos trabalhos desenvolvidos por nossos alunos apresentam um viés de negócio. Nesse sentido, a parceria a Incubadora Santos Dumont do PTI cumpre o papel de apoiar a transformação desses projetos em novos negócios”, destaca Márcia David, Gestora de Inovação e Empreendedorismo da UniAmérica.

 

Confira os selecionados nessa etapa da filial UniAmérica:

1º lugar – Projeto Aparelho Flexo Extensor: um aparelho de recuperação de trauma no joelho; Do empreendedor: Rogério Nunes Alves
2º lugar – Projeto Auditoria Analítica: sistema que tem o objetivo de melhorar a gestão na área da saúde e reduzir desperdícios; Dos empreendedores: Cleyber Henrique Santos e Marcelo Alves Gomes.
3º lugar – Projeto Desafio das Emoções: Jogo de tabuleiro para desenvolvimento de habilidades sócio-comportamentais para crianças e adolescentes; Das empreendedoras: Niadjva Medeiros, Larissa Davel, Vitória Alves e Aline Nimeyer.

 

Larissa Davel, acadêmica de Psicologia e participante da incubadora ressalta a importância de empreender logo cedo. “Participar do processo de pré- incubação pelo PTI foi uma experiência incrível. Tivemos a oportunidade de olhar nosso projeto de um outro ângulo e conseguir estruturar de forma mais concreta os próximos passos que precisamos tomar para transformar nosso projeto em uma empresa”, comenta.

“A UniAmérica parabeniza os ganhadores e todos os alunos que aceitaram com coragem este desafio de transformação, não só dos seus projetos em negócios, mas principalmente a abertura para uma mudança pessoal”, finaliza Márcia David.